Menu
Esqueceu a senha? Fazer cadastro

::: Artigo

Escalando Práticas Ágeis em diferentes escopos de tempo para solução de problemas complexos

09 08 2019
artigo09

Sobre o Artigo:  Não há inovação sem apropriado tempo e espaço para ideação e a coragem para empreender em novas áreas. Saber abordar essas áreas de maneira estruturada, ao mesmo tempo em que gerencia os riscos associados à incerteza desse “romance”, é uma grande vantagem dos modelos de processos ágeis, como o Scrum. Por outro lado, a maioria das empresas de desenvolvimento de produtos mecatrônicos organiza suas atividades baseado em processos Stage-Gate e têm boas razões. Este artigo visa, assim, combinar os benefícios dos modelos de processos tradicionais e ágeis. A suposição básica é que, mesmo em projetos complexos, apenas uma certa parte das tarefas realmente se beneficia das práticas ágeis.

Para identificar esses elementos do projeto, é necessária uma visão diferenciada da complexidade do projeto. Essa diferenciação está associada a uma ferramenta para analisar a entropia da tarefa como uma medida para determinar seu nível de desconhecida e, portanto, o potencial para aplicar abordagens ágeis.

Essas abordagens ágeis são consideradas como episódios bem definidos de esforços para resolução de problemas que são caracterizados por recursos restritos. Assim, as teorias sobre resolução de problemas centrada em pessoas e a multitarefa servem de base para a conceituação dos workshops ágeis de curto prazo.

Ao restringir a duração desses workshops entre dois a cinco dias, a barreira de praticar métodos ágeis em cenários com processos arbitrários é significativamente reduzida. A questão que surge é como as práticas ágeis comprovadas podem ser escaladas nesses pequenos escopos de tempo, mantendo os seus valiosos elementos estruturais, como sprints fixas e reuniões regulares.

Considerando o fundamento do ASD – Agile Systems Design, este artigo apresenta diretrizes para a implementação de workshops ágeis com escopos menores de tempo baseados em três pilares: 1) usando um processo ágil estruturado, 2) usando métodos e ferramentas de forma ágil e 3) fornecendo um moderador ágil. Posteriormente, uma implementação exemplar do conceito é mostrada.

Assim, este artigo contribui para a criação efetiva de inovações, descrevendo uma maneira sistemática de gerar resultados e, ao mesmo tempo, contendo riscos sob condições de recursos limitados.

Palavras-chave: ASD – Agile Systems Design, Scrum, agile moderation, EntropyCompass, problem-solving, ASD-FIT …continue com o Download do Artigo.

Autores: Albert Albers, Jan Breitschuh,  Patrick Seyb, Sophie Hohler,  Jonathan Benz,  Nicolas Reiß, Nikola Bursac

Publicado: MundoPM - Ago/Set 2019
Pág. 68-75
R$ 0,00
Comprar

::: Autor do artigo