Menu
Esqueceu a senha? Fazer cadastro

::: Artigo

Certificação LEED

16 02 2017
MPM_52_artigo10_AF00

Resumo:
Este trabalho retrata as estratégias para prover ações que promovem a sustentabilidade na preparação do Brasil para receber a Copa do Mundo de 2014. É dado foco no estudo de caso da reforma e ampliação do Estádio Nacional de Brasília – Mané Garrincha.

Degustação:
A Copa do Mundo é o maior torneio de futebol do mundo, motivo pelo qual ações associadas ao evento transcendem a dimensão esportiva, exercendo profundas influências sobre o comportamento da população em geral. Essa mobilização gera um grande impacto no meio ambiente e na sociedade. Prova disso é um estudo realizado pela consultoria Personal CO2Zero, divulgado em setembro de 2012, que aponta que a Copa de 2014 vai resultar na emissão de mais de 11 milhões de toneladas de gás carbônico equivalente, o que equivale a 46.946 hectares de floresta para sequestro futuro de carbono, ou ao consumo de energia de 181.254 domicílios brasileiros pelo período de um ano. Para minimizar tais efeitos danosos, diversas ações que promovem a sustentabilidade estão sendo tomadas. Desde a construção até o total funcionamento dos estádios que serão palco do espetáculo, observam-se grandes esforços no sentido de adequar o evento como um todo à realidade sustentável de compatibilização entre os usos atuais e futuros dos recursos materiais e humanos… LEIA MAIS

Autores: Rosângela Marx, Margareth Carneiro

Publicado: MundoPM - Ago/Set 2013
Pág. 68
R$ 11,30
Comprar

::: Autor do artigo