Menu
Esqueceu a senha? Fazer cadastro

::: Artigo

Adaptando boas práticas às particularidadesde um projeto de P&D

16 02 2017
MPM_58_artigo01_AF00

Resumo:
As boas práticas de gerenciamento de projetos bem adequadas ao processo de P&D podem dar suporte para alavancar ações que facilitem o trâmite dos projetos rumo à inovação. Neste artigo, usaremos como estudo de caso os projetos do Programa de P&D do Setor Elétrico, que se iniciam normalmente com uma ideia ou conhecimento e, no decorrer das etapas do projeto, podem vir a se transformar em um resultado utilizável e aplicável nas organizações.

Pretende-se mostrar as diferenças e particularidades entre um projeto de P&D (pesquisa e desenvolvimento) e um projeto convencional, usando como case o Programa de P&D regulado do setor elétrico. Entenderemos como “projetos convencionais” aqueles de cunho técnico ou de engenharia, cujas atividades estejam associadas ao dia a dia das empresas (obras, consultorias, etc).
O projeto convencional será utilizado como parâmetro de comparação, pois é o que possui sequência já conhecida e consolidada. O projeto de P&D, por sua vez, possui peculiaridades na sua condução que irão enriquecer a abordagem e nos levarão a revisitar e adequar os conceitos das boas práticas de gerenciamento de projetos presentes no guia Project Management Body of Knowledge, também conhecido como PMBOK, que é um conjunto de práticas em gestão de projetos publicado pelo Project Management Institute (PMI).”

Autor: José Tenorio Barreto Junior

Publicado: MundoPM - Ago/Set 2014
Pág. 10
R$ 11,30
Comprar

::: Autor do artigo