Menu
Esqueceu a senha? Fazer cadastro

::: Artigo

Tratamento holístico das incertezas em projetos

16 02 2017
MPM_72_artigo07_AF00

Resumo:
O trabalho discute uma proposta de mudança na cultura de planejamento de um projeto/parada, com ênfase na avaliação das incertezas em vez dos riscos, tomando-se como base o modelo determinístico e reducionista hoje muito utilizado no delineamento de cronogramas, para um modelo probabilístico e holístico, na busca da excelência da gestão, da produtividade e da sustentabilidade.
É prática comum a realização de uma avaliação pontual de riscos em alguma das fases do projeto e tem-se como resultado um Plano de Respostas aos riscos, que será controlado e monitorado ao longo projeto. Por outro lado, a boa prática na gestão de riscos recomenda que esse processo deva ser contínuo, ao longo de todo o projeto. Foi essa necessidade de transformar uma avaliação pontual de riscos num processo contínuo que nos levou a pensar fora da caixa, e assim surgiu a ideia de usar essa metodologia abrangente e mais eficaz na avaliação não dos riscos, mas, sim, das incertezas no projeto. E a primeira pergunta que surgiu foi a seguinte: onde estão as incertezas no projeto? E a resposta foi algo interessante: em todas as áreas, em todos os dias e em todas as fases do projeto.

Para facilitar a avaliação e o tratamento dessas incertezas, elas foram separadas em quatro pilares — O Ser Humano, Metodologias e Ferramentas, Gestão e Atitudes, e Comportamentos. No final, percebe-se que a avaliação e o tratamento das incertezas tornam-se parte do pensamento cotidiano, podendo ser aplicados a cada nova ação ou tarefa.

Autor: João Carlos Mosquim

Publicado: MundoPM - Dez/2016 & Jan/2017
Pág. 48
R$ 11,30
Comprar

::: Autor do artigo